Arquivo mensal: outubro 2011

Cheguei em Jaipur….!

Padrão

Chegando em Jaipur no final da tarde! The pink city!!

Welcome to Jaipur, the Pink City!

Aeroporto de Jaipur! • Desculpa gente, mas neste post só tem foto ruim! Não deu tempo pra tirar um melhor! Estava descendo do avião...!

Desde cedo, em Delhi, mandei mensagem pro meu TN manager da Aiesec, avisando que eu ia chegar as 18h, pois ele tinha dito que alguém da Aiesec estaria me esperando no aeroporto. Mas ele não respondeu. (Ainda bem que meu chefe disse que qualquer problema, eu poderia ligar pra ele!) • Bom.. cheguei em Jaipur, e tentei ligar pro menino da Aiesec várias vezes e nada de atender.. Finalmente ele me retornou. Não conseguia entender o inglês dele... ele foi super grosso comigo, e até gritou no telefone. Ele disse que era pra eu esperar do lado de fora, que alguém viria. ESPEREI MAIS DE UMA HORA. Os policiais vieram falar comigo 3 vezes. Estava ficando com medo. Aqui a segurança é bem rigorosa. Eles perguntavam se REALMENTE alguém viria.. e eu dizia, sim...!

Bom, depois de mais de uma esperando… com aqueles homens olhando pra mim como se eu fosse um ET… Surgiram 2 meninas pra me buscar!! Finalmente!!! A Smriti, que era membro da Aiesec, e a roommate dela, Samiksha!

Só uma observação: não tem como não reclamar da Aiesec Jaipur. Esperava um mínimo de apoio e contato. Mas enfim. Até a Smriti não aguentou, e saiu da Aiesec. Ela me disse que o pessoal avisava ela das reuniões só uma hora antes. E depois, fiquei sabendo, que meu manager ligou pra ela, e MANDOU ela ir me buscar naquela hora! Ou seja. Não foi culpa dela estar mais de uma hora atrasada. É muita desorganização… E a desculpa dele foi que estava muito tarde…. Imagina pra Smriti que é menina (aqui na India, não rola andar sozinha de noite…).

Mas enfim! A Smriti foi um anjo que me apareceu e tem me ajudado muito!

Elas foram me buscar de rickshaw! Minha primeira corrida nesse meio de transporte típico!! Tem gente que chama de tuk-tuk (acho que é mais turista... no dia a dia é RICKSHAW)! Tuk-tuk é o mesmo nome usado na Tailandia, mas é diferente! • Gente.. quase morri do coração.... foi tenso!

Bom, chegamos na minha futura casa. Confesso que foi um choque pra mim.. não esperava que fosse dividir quarto com mais 2 pessoas! Sem contar que achei meio assustador logo de cara.. sujo. No próximo post, eu mostro minha casa!

Já estava tarde pra ficar na rua (21h), então falei pra Smriti que ela podia ir embora! Antes, ela me mostrou um shopping que fica aqui do lado, pra eu poder comprar alguma coisa pra jantar!

Fiquei com medo de pedir uma comida indiana de cara, e ter dor de barriga! Então fui na pizza...! Domino's!

Esperando a pizza ficar pronta. Muita sensação de vazio, de solidão. Peguei take-away e fui comer em casa. Foi muito triste...!

Em casa, tudo que eu queria era tomar um banho. Queria muito usar a internet (graças a Deus temos internet aqui na casa)! Mas minhas roommates já estavam dormindo, e eu não consegui perguntar pra elas. O jeito foi dormir…

New Delhi, capital da India

Padrão

Após ficar olhando pro meu pé.. veio o estalo “Por que não conhecer Delhi”?

Meu vôo de volta pro Brasil sai de lá também, mas não tenho certeza se vou ter tempo pra conhecer no final, pois quero ir pra outros lugares! E a India é grande…! E no final, após terminar meu contrato na empresa, só terei uma semana de folga!

Bom… eu poderia ter pego um rickshaw e encarado Delhi sozinha. Mas fiquei com medo. Ainda não tinha noção de preços (e eles sempre cobram os olhos da cara dos estrangeiros). Sem contar que eu estava com uma mala de 32kg! Resolvi pegar algo mais seguro, com uma empresa no aeroporto. Pelo menos eu poderia deixar minha mala no porta-malas sem ter medo dela desaparecer após algum ponto turístico!

Let's go! Eu tinha só 5 horas nas ruas de Delhi!

Ruas de Delhi

Como o tempo era curto, só tinha tempo pra descer do carro, tirar foto e voltar! E ainda assim, tive que escolher só alguns lugares (por caso do trânsito...) • Primeira parada: Parliament

Parliament House, New Delhi

Próxima parada: India Gate

India Gate! • Por ser um lugar bem turístico, te muita gente vendendo souvenir... tentando tirar e vender fotos pra você... é um saco! Ainda bem que o motorista foi comigo. Aqui na Índia, sempre que der pra andar com um nativo é bem melhor e mais fácil!

Humayun's Tomb

Humayun's Tomb

Humayun's Tomb

Tava um calor infernal… vocês não tem idéia de como eu queria tomar um banho, depois de quase 2 dias viajando! ahahah

Nossa... essa escada era tensa! Acho que cada degrau tinha uns 30 cm de altura!

Vista lá de cima!

Humayun's Tomb

Rickshaws em Delhi são brasileirinhos!

Na verdade, esse é o verdadeiro rickshaw pelo que entendi..!

Lotus Temple! Moderno, né? A Marie francesa falou que lembra o Opera House em Sydney!

Acho que tava tão cheio lá dentro, que as mochilas têm que ir do lado de fora!

Qutb Minar

Qtub Minar

Qtub Minar

Qtub Minar

Detalhes

Qtub Minar

Qtub Minar

Gente... uma mulher se ofereceu pra tirar fotos pra mim. E começou tirar um monte... daí já viu, né! No final, ela pediu gorjeta! Eu nem tinha! Saí correndo! AHaUaHAU! • Ah.. eu não pedi pra ela tirar.. hahaha! Mas agora eu já sei! Não existe pessoa "boa" aqui. Se uma pessoa se oferece pra tirar fotos... ou começa explicar história do lugar, como se fosse um guia, pode dispensar! Pode saber que no final eles vão te cobrar!! Pior que eles são insistentes.... As vezes eu tenho que falar de forma bem seca.. e várias vezes que não quero!

Só pra constar, quase todos os lugares turísticos na India você tem que pagar pra entrar! Esses maiores, eu paguei 250 rúpias (pra estrangeiro é sempre mais caro), que dá cerca de R$ 10!

De volta ao aeroporto! Como meu vôo era doméstico, tive que pagar 10 kg de bagaem extra! (Na verdade era 13kg, mas o limite permitido era 10kg. A mulher deu um jeito)! Paguei 1080 rúpias, cerca de R$ 40. Nem achei tão caro pra 10kg! ahaha! • Antes de partir, comi um Subway! ahaha!

Comi meu lanche na maior tranquilidade... E fui em direção ao meu portão. Quando subi a rampa, e vi uma placa dizendo que eu levaria 15 minutos andando até meu portão, fiquei desesperada! Não tinha noção que era tão grande o aeroporto de Delhi! Nossa.. saí correndo!! Quando cheguei no portão, o cara falou super bravo: Onde você estava?? Que mico.. eu era a última! Estavam todo procurando por mim. Todos os passageiros já estava no avião. Tiveram que mandar um ônibus só pra mim, pra me levar até o avião.. que vergonha.. foi tenso!!

Delhi em direção a Jaipur!

Jornada!

Padrão

E chegou o dia de ir pra India! Dia 12 de setembro de 2011!

Como meu irmão mora longe, a gente tinha se despedido 20 dias antes, quando ele esteve em Londrina! (A gente se chama de cabeção, mas é de forma carinhosa, tá! ahahah)

Biazinha, Sonia, Paulo e tia Helena no aeroporto de Londrina! A Bia ficou com sono, e teve que ir embora antes de eu embarcar...!

Galera da Aiesec Londrina!! Valeu por tudo!! • Reparem na cachaça ali no chão! A Aiesec me deu um kit-Brasil! Tinha paçoca, Velho Barreiro, feijoada enlatada... tudo enrolado nessa bandeira do Brasil! =) • Detalhe: eu já tinha despachado minha mala! Tive que conversar com o fiscal, e convencê-lo a me deixar viajar com 910ml de álcool na bagagem de mão... ELE DEIXOU! =)

Querida família CCEM!!! Sem palavras pra vocês!! Muito especiais!! (Pastoreio em peso! Muito parceiros! rs)

Cheguei em São Paulo as 23h, e meu próximo vôo saíria as 3h da manhã! Em São Paulo (Guarulhos) estava tensa! Minha mala já estava com mais de 32kg, e eu ainda tinha que colocar esse kit-Brasil na mala! E nenhuma mala pode passar de 32kg, em qualquer companhia. É uma regra geral. Estava com medo de ter que jogar fora alguma coisa, antes de deixar o Brasil! Sem contar que eu queria enrolar minha mala naqueles plásticos! Mas se eu enrolasse antes, e chegasse no check-in e tivesse que abrir pra jogar alguma coisa fora?? Ai meu Deus… o que fazer?

Primeiro, arranjei um lugar pra abrir minha mala, e colocar o kit. Adivinhem quem eu encontrei? A tia Helena Igawa (da igreja) e os 2 filhos: Rogério e Cristiane! Eles eram meus vizinhos quando morei na Av. JK! E o Rogério é padrinho de crisma do Leandro! Muita coincidencia! Eles estavam indo pros Estados Unidos!

Bom… entrei na fila do check-in. Muita gente esquisita na fila… UFA!! Minha mala passou raspando no peso!! Daí expliquei que queria enrolar aquele plástico! Fui lá, e depois voltei no mesmo guichê! Tudo certo!! Aêee!!

Deixei São Paulo as 3h da manhã, em direção a Doha, Qatar. (14 horas de vôo)

Em Doha, já senti grande diferença de cultura e religião. Muitos muçulmanos...

Aeroporto de Doha, Qatar

Doha, Qatar

Em direção a New Delhi, capital da India!

Após 4 horas de vôo, New Delhi!

Welcome to India! Não conseguia acreditar!

Aeroporto de Delhi!

Pra vocês verem como os caras são cuidadosos com a nossa mala... até o plástico rasgou! Imaginem SEM o plástico!! Eu recomendo.. R$ 30 que valem a pena, porque uma mala não é barata não... rs!

Eu não sei o que acontece… mas no Brasil, a gente não consegue comprar passagem de Londrina-Jaipur (cidade que estou)! As companhias aéreas domésticas da India não possui acordos internacionais… estranho, não? A gente até consegue comprar pela internet, mas é uma passagem a parte, ou seja, nada de 32kg de bagagem.

Eu tentei comprar pela internet, várias vezes. Mas sempre dava erro. O jeito era chegar em Delhi e comprar a passagem lá! Foi o que eu fiz. Eu cheguei as 8h da manhã em New Delhi. Mas a primeira passagem pra Jaipur que tinha, era só as 18h!! Fala sério!! (Eu cheguei a pesquisar e conversar com alguns brasileiros sobre ir de trem… mas confesso que fiquei com medo, pelo fato da minha mala estar muito pesada! Minha mala com quase 33kg! Só 8kg a menos que eu!)

O jeito foi achar um cantinho e deitar um pouco... Mas depois de 1 hora olhando meu pé... tentando dormir, mas ao mesmo tempo preocupada com a minha mala... eu resolvi dar uma volta no aeroporto. Meu objetivo era achar: um lugar que eu pudesse dormir e tomar banho OU fazer um tour de algumas horas por Delhi, pois não sabia se teria outra oportunidade!

Eu achei tipo um Spa no térreo! Confesso que fiquei morrendo de vontade de pagar por um banho… Mas achei muito caro.

E eu achei também algumas agências oferecendo tours por New Delhi! Mas isso, eu deixo pro pro próximo post! =)

Namaskaar!

Despedida!!

Padrão

Gente.. pulei esse post! AHauaHu! Foi mal!! (mas vou colocar em ordem!)

Bom, antes de viajar, quis encontrar a galera!! Deu tempo de reunir o pessoal do CCEM e da facul! Faltou tempo pra encontrar mais gente…!  pra falar a verdade, tem amigo que nem avisei que estava indo.. mas foi muito corrido mesmo…!

Galera da facul, no mesmo lugar de sempre: Mc Donalds! • Apesar da gente ter se formado em 2007, fico feliz de AINDA poder encontrar o pessoal!!! Gabi (e Eleonara na barriga da mamãe), o papai Dúh, eu, Bruno, Bia e Gabi!

Família CCEM no Usina Londres! • Meninas queridas do meu coração! • Thamara, Karina, Evelyn, Fabi, Jú e Vanessa!

Chefinhos! Eugenia e Koiti!

Dani!

Meninos!! Borrazópolis, Wagner, Carlão, Fer e Xandão!

Amigos de infância! Rafa, Rê Fu e Quel!

Regi!!

André, Foster e Wagner!

Olha o que essas duas aprontaram! Ganhei álcool-gel pra carregar na bolsa, carne seca (que está salvando minha vida!) e banho de gato! AHauahau!!! Muito criativo!! AMEI!!! E dei muita risadaa!!! (Fiquei com medo do beef não passar no aeroporto.. mas passou! Ufa..!)

Medo…!

Padrão

Apesar de ser um sonho vir pra India, confesso que bateu um medo antes de vir…! Apesar de todo mundo falar várias coisas, você ir pro lugar é totalmente diferente!!! O pessoal da Aiesec me passou uns contatos de brasileiros que já estavam na India, pra eu trocar umas informações…!

Estava checando o tempo em Jaipur quase todo dia... E todo dia, era a mesma coisa..! Quase trouxe uma bota! Mas reparem no calor infernal!!

Sem contar que recebi todos os tipos de conselhos… ahaha! Não posso beber água de qualquer lugar, tenho que comprar garrafas…! Não comer comida da rua. Lavar bem as mãos… as verduras… passar repelente. Não usar roupas muito decotadas e curtas. Tentar cobrir os ombros. Fui num médico antes, ver o que ele me recomendava… Tomei vacina… Enfim! Li muitos blogs e histórias de pessoas que já tinham vindo pra India!

E pra ajudar, olha a foto que achei no album do Alvaro, brasileiro que está em Delhi! É pra acabar! Sem contar que na casa dele, o chuveiro não estava funcionando... Então já vim preparada psicologicamente, caso não tivesse chuveiro na minha casa também! ahaha!

Foi meio tenso antes de vir, porque o pessoal da Aiesec Jaipur não colaborava… Meu TN Manager não me respondia e-mail… Daí tive que apelar e reclamar com meu chefe! Ele conseguiu agilizar várias coisas pra mim! Daí finalmente consegui juntar todos os documentos pra tirar o visto (O pessoal que vai pra India pela Aiesec, tem que tirar o visto de negócios, válido por 1 ano)! Estava tudo muito em cima da hora! Tirei visto, comprei passagem, seguro viagem.. tinha só 2 semanas e meia pra fazer isso! Mas deu certo! uhUuuu!!!

Viagem chegando…!!

Na vida passada, acho que fui indiana…!

Padrão

Bom, pra começar essa “nova temporada”, vou explicar esse título! ahaha! Conversando com pessoal, no almoço, lá na empresa que estou trabalhando, chegamos a essa conclusão! AHaUaHu

Todos me perguntam COMO e PORQUE  fui parar na India…!

Bom, desde meus … 17 anos, eu sempre MORRI de vontade de vir pra India… Não sei.. mesmo não conhecendo muito sobre o país.. a cultura, eu sempre tive uma atração e curiosidade muito grande pela Índia…! Inexplicável

India (eu sei que pra uma designer, essa marca d'água é pra acabar..! ahaha! Dá um desconto, trabalhei dia todo... rs!)

E agora que estou aqui, não consigo acreditar! (Não vou dizer que está sendo fácil, mas isso deixo pros próximos posts!). Estou tentando aprender hindi! É muito difícil de pronunciar algumas palavras…! Mas mesmo assim, o pessoal do trabalho fala que estou aprendendo rápido! Daí, essa semana, chegamos a essa conclusão: TALVEZ, VOCÊ FOI INDIANA NA VIDA PASSADA! POR ISSO SEMPRE QUIS “VOLTAR” PRA CÁ! AHaUaHau!

(Só pra constar, eu não acredito em vidas passadas.)

Bom, brincadeiras a parte.. deixa eu explicar como vim parar aqui!

AIESEC

Resumindo, eu vim pela AIESEC! Aqui no Brasil, essa organização não é muito conhecida.. mas aqui na India, quase todo mundo sabe! Vou falar por cima, mas quem quiser saber mais, pode acessar o link acima! A AIESEC é uma plataforma internacional de estudantes, e promove o intercâmbio profissional e cultural! Ela está presente em 1700 universidades, em 107 países. Existe há 63 anos (começou com estudantes de 9 universidades, de 6 países, após a Segunda Guerra), e no Brasil, existe há 40 anos, e está presente em 32 cidades.

Os membros da Aiesec se dividem em diversos setores e funções, como uma empresa mesmo. Se você quiser participar de um intercâmbio, primeiro, tem que se “tornar” um membro. Pra isso, tem que ficar atento aos processos seletivos, que se não me engano, acontecem apenas 2 vezes por ano! Nesse processo tem entrevista e apresentação em inglês.

Eu já tinha tentado participar de um intercâmbio na Aiesec duas vezes! Mas eu não consegui! Foi frustrante…! Muita gente não sabe, porque é como tentar o vestibular e não conseguir.. é muito triste!!! Por isso nem comentava…! rs A primeira vez não passei na dinâmica (3 anos atrás). Eu não me dou bem em dinâmicas… fico nervosa! E na segunda, eu não consegui falar em inglês (começo de 2010). Agora eu pergunto: o que a Aiesec tem a ver com a minha viagem pra Australia? Foi depois desse segundo “fracasso”, mais alguns fatores, que eu resolvi investir mais no inglês!

Bom, fui pra Australia… estudei 5 meses… mas antes de voltar de lá, confesso que já busquei me informar sobre o processo seletivo. Mas digamos que a resposta não foi muito “inspiradora” pra alguém que cultivava um trauma até então! ahahah. Enfim. Não botei muita fé. Acho que estava com medo. Voltei pro Brasil em fevereiro, e acabei perdendo o processo seletivo (março)!! Acho que o medo me fez “esquecer a data”!

Passou um mês… e a vontade de tentar MAIS UMA VEZ surgiu…! Daí, sei lá como.. conversando com o Regi um dia, fiquei sabendo que o Foster era um membro da Aiesec!! Fala sério!! Nem sabia! Perguntei pra ele se havia algum tipo de programa de “repescagem pra retardatários”! AHauAHAU! Bom, resumindo, naquela semana estava rolando umas entrevistas!! É muita sorte, não? Assim que mandei email pra eles, marcaram uma entrevista pra mesma semana!!

Em Londrina, a AIESEC está na instalada na UEL - Universidade Estadual de Londrina

Bom.. resumindo: EU PASSEI!!! (Tive duas entrevistas e uma apresentação, tudo em inglês!) Eu gosto de brincar que “Sou brasileira e não desisto nunca”! Fala sério! Na verdade, eles devem ter ficado com dó de mim! “Coitada.. a menina tá tentando pela terceira vez…Acho que ela realmente quer ir!” rs!

Depois de tudo isso, mãos a obra! É hora de caçar um emprego, pois eu queria o intercâmbio profissional (tem o intercâmbio voluntário também)! Foram 3 meses de procura por vagas pelo mundo… negociações.. mancadas…! Até que deu certo na empresa Crayons Advertising, aqui na India! Meu agradecimento especial pro pessoal da Aiesec: Michelle e Saulo que me ajudaram pra caramba nas negociações!! =)

É isso gente! Vou trabalhar até dezembro.. é pouco tempo, pois pra esse tipo de intercâmbio, o ideal é ficar pelo menos 6 meses… mas dessa vez, eu não vou abrir mão do ano novo com a minha família!! Ano passado, em Margareth River, na Australia, eu fiquei bem triste (pra falar a verdade, eu chorei) quando falei com a minha família… estava todo mundo lá, menos eu!!

Como trabalho de segunda a sábado (dia todo), só sobra domingo pra conhecer os lugares! Então não vai ser uma experiência bem diferente da Australia, ok? Mas pretendo postar sobre a cultura… religião… tudo o que for aprendendo aqui! =)

Namaskaar!

Austrália, um sonho realizado!

Padrão

Essa experiência foi awesome, como diriam os australianos!

Aprendi muito com essa viagem de 6 meses!! Sempre tive uma dúvida se conseguiria mesmo me virar sozinha, fora do país! Foi um desafio na minha vida, e hoje fico feliz de pensar que tudo deu certo!

Harbour Bridge • Sydney, Australia

• Perdi (um pouco) a vergonha de falar inglês! É que lá, eu não tinha vergonha de falar! Tava todo mundo no mesmo barco! Mas no Brasil, é diferente! Ainda fico tímida! ahaha!

• Conheci pessoas do mundo inteiro, de culturas e costumes variados..! Isso faz a gente abrir muito a cabeça. Nos faz refletir sobre nosso dia-a-dia. Valorizar muitas coisas, que no meu cotidiano no Brasil, eu não dava tanto valor como: comida (por isso engordei! Como a comida era cara, eu não jogava nada fora! ahaha!), água (andava sempre com a garrafinha na bolsa!), preservação do meio ambiente (na Australia as sacolinhas de mercado não existem mais!), e transporte (senti falta de um carro, hein!)!!

Conheci muita gente lá!

• Tive a oportunidade de viajar e conhecer muitos lugares lindíssimos, e bem diferentes do nosso país!

• Aprendi a valorizar e ter mais interesse pelo Brasil e pela América do Sul! Antes, eu sempre ficava pensando: se for pra investir em uma viagem, vou pra bem longe! Mas quando fui pra lá, e todos as pessoas te perguntam sobre seu próprio país, ou até da América do Sul, fiquei envergonhada. A gente sempre tem mais curiosidade sobre o que parece estar mais distante. E ouvir as pessoas falando: “Meu sonho é ir pra América do Sul”, me fez pensar muito! Quem sabe um dia rola um mochilão!

12 Apóstolos, Ocean Road. • Vita, amiga muito especial!!

• Quando trabalhei como cleaner, mexeu muito com meu orgulho. Não me considero uma pessoa orgulhosa (no sentido negativo)… Mas pensar que a gente era graduado, tinha um bom emprego no Brasil, uma vida boa… e lá, naquele uniforme, me sentia um zé NINGUÉM! Ninguém fala com você.. você tem que limpar coisas que ninguém quer… era um trabalho muito solitário. Me sentia invisível! Aprendi muiiito nesse emprego! Acho que cresci muito em todos os sentidos!

• Aprendi que não se deve dirigir um carro de passeio em dunas! E que Vita + Andréia não podem andar de bicicleta com uma distância menor que 20m! AHuAAAHa!

Minha host family: Anna e Stirling, em Cottesloe Beach, Perth! (Gente.. vocês precisam ver as fotos do casamento deles.. perfeito!! Foi em Bali, 3 meses atrás!)

Acho que nem preciso dizer que foi uma experiência inesquecível!! Os amigos que fiz lá (os de verdade!) vou levar pra sempre no meu coração! Fomos mesmo uma família lá, e vou sentir saudades pra sempre daquele tempo mágico, como disse o Cédric! Mas vou falar… você pode ir pro lugar mais perfeito do mundo, mas se você não tiver pessoas boas aos seu redor, não terá a mesma graça!! Eu tive a felicidade de conhecer muita gente boa nesses 6 meses, e sou muito agradecida por isso!!

Agradeço a todas as pessoas que ficaram na Brasil, mas que me deram suporte emocional enquanto eu estava na Australia!! Foi fundamental pra que eu conseguisse aproveitar da forma mais saudável ainda essa experiência!

Espero que tenham gostado de “viajar” comigo!!

Viagem pra Pinnacles com a galera da escola!

Agora, passados 7 meses, cá estou eu na India! Então vou continuar postando…! Mas agora uma vida totalmente diferente!! Espero que gostem!!

Beijos!! Andréia

Rottnest Island, Western Australia

Brasileiros! Karina, Pri, Rosângela, Bruno, Rodrigo e Roberto!

Rave em Perth! • Stereosonic com direito a Tiesto, Benny Benassi, Carl Cox, Infected Mushroom!

Bali, Indonésia

Valeu Australia! uhUUuu!! (Pinnacles)

É triste falar, mas confesso que até hoje eu não entendo o inglês australiano… AHaUahaUa!